30 de agosto de 2011

Como saber a hora de ter outro filho.


Quando tive Felipe eu já pensava em ter outro filho mas só depois dele grande.Queria curtir ele o máximo. Hoje diante da dificuldade de ter outro filho acho que poderia ter tido outro logo depois. Muitas pessoas dava conselho falando para ter outro logo e eu não sabia o porque, hoje já vejo o porque.As crianças sem irmãos se torna solitárias,ansiosas e individualista. O que mais me deixa triste é ver solidão delas quando não tem um irmão para brincar.Eu sou 2 anos mais velha que minha irmã.Nós brincamos muito juntas até hoje somos unidas.Com meu filho Felipe sempre tentei brincar com ele ou levava para brincar com outras  crianças.Hoje tento conversa, ser amiga confidente, mas acabo contando para outra pessoa para pedir conselho ou porque acho bonitinho ele falar das paqueras dele do colégio então ele perde a confiança em mim.Fico pensando se eu tiver outro filho ano que vem. Imaginando daqui 4 anos, eu com uma criança pequena e ele indo para as baladas.Ele fala que não quer outro irmãozinho,porque acha que vai perde as mordomias e que não vai ganhar mais presente por ser grande.

Tenho lido muito sobre esse assunto,então vamos ver a primeira coisa que nós devemos saber é que ,da mesma forma que o nascimento de um bebê altera a rotina do pai e a mãe, ele também o faz com o mais velho. Antes, ele era o rei da casa: tinha atenção e dedicação exclusiva de todos,o quarto era só seu e não era preciso emprestar os brinquedos para ninguém. Mas, agora, a coisa mudou de figura e o irmãozinho passou a ocupar o posto de maior destaque na família. "Assim é o pensamento do irmão mais velho. Para ele,os sentimentos de ciúme e abandono são tão latentes que ataques de agressividade podem ser tornar frequente. Ele não vai querer falar mais com você, alguns voltar a fazer xixi na cama e a pedir mamadeira para dormir,mais isso é normal na faixa etária até cinco anos, pois a criança tende a sentir mais a "perda" dos pais depois da chegada do irmão por receio de ser abandonada. No livro Irmãos - Para Entender Essa Relação(Editora Nova Fronteira),o autor Marcel Rufo diz que a criança de 3 e 4 anos sofre mais com o nascimento de um irmão,porque se encontra em uma fase de mudanças,como ida à escola. Segundo ele,portanto, para evitar a ciumeira, o ideal seria esperar cerca de 7 anos para ter o segundo filho - o que nem sempre é viável para as famílias.Entretanto, Marcel explica que o ciúme é normal e faz bem p/a criança, levando-a a uma competição sadia com o irmão mais novo. A única coisa ruim é que pode demorar a passar e pode piorar quando o bebê começar a andar e a fazer gracinhas, pois certamente chamará ainda mais atenção das pessoas e passará a exigir mais cuidados dos pais. Então,o que fazer?

*Procure dar a mesma atenção de antes ao primogênito.

*Dê um brinquedo novo a ele ou como no meu caso pergunte o que ele quer
ganhar ,mas só no caso do caçula ser presenteado.

*Elogie as atitudes positivas dele,mostrando como é bom ser irmão
mais velho da casa.

*Não o force a dividir seus brinquedos ou suas coisas.

*Evite mudanças bruscas na sua rotina,como trocar de quarto,pedi a
opinião dele.

*Conte como você agia com ele quando era também um bebê.

*Não peça para ele fazer silêncio o tempo todo por causa do recém-nascido,pois o bebê
também devera acostumar com o irmão mais velho.

Espero que Luis Felipe curta seu irmãozinho quando eu conseguir
engravidar,pois será uma aventura para ele. 


6 comentários:

  1. Vera, vim retribuir e agradecer a visita ao meu blog.

    Querida, essa contenda do irmão mais velho ía existir msm se vc tivesse engravidado qdo o Luis Felipe era menor. Em cada fase eles sentem de uma forma diferente, mas não tenho dúvidas que depois que o irmãozinho chegar ele vai se derreter.
    Eu tenho 3 em idades diferentes, vivo fases diferentes e espero por mais um para o ano que vem. Minha mais velha, embora não seja única, tbm resiste à idéia de ter outro irmão, de ter outro bebê em casa.
    Creio que essa resistência se deva, principalmente, pq ter outro membro na família muda toda a dinâmica da casa, da rotina e todo mundo tem receio do que desconhece. Ter uma pessoa nova em casa traz o fantasma do desconhecido, do que vai acontecer depois.
    Converse muito com ele, diga sempre que ele nunca vai perder nada, nem material, nem do amor de vcs pq em se tratando de amor dividir é somar sempre!

    Sorte no seu tratamento!

    Grande abraço!

    Cláudia

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Vera....
    E q bom q vc gostou do video postado la em meu blog.
    Bjusss

    ResponderExcluir
  3. Oi Vera, seja super bem vinda ao meu cantinho! Adorei o layout do seu!

    Aii que vida difícil essa nossa né flor, mas como somo brasileiras não desistiremos nunca, em busca dos nossos positivos ebaaa!!

    Seu filho é lindoooo! Parabéns...

    ótimo fds, e volte sempre no meu blog eu estarei sempre por aqui, já estou te seguindo...

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Oi Vera, obrigada pela visita. Eu já tento engravidar há 2 anos mas só no início desse ano que resolvi procurar um médico para ver o pq da demora. Não me acertei muito com essa GO e agora estou procurando outro. Obrigada pela dica do teste de ovulação.

    Bjo

    ResponderExcluir
  5. Vera, aqui em casa foi assim, desde o começo eu expliquei para meu mais velho que o irmão era uma pessoa a mais para amá-lo, que o irmãozinho ia pegar os brinquedos dele, mas que tb teria muitos outros brinquedos e que eles teriam juntos duas vezes mais (ele gostou dessa idéia e sempre diz que é dos dois tudo). claro que rolou ciúmes, mas tentamos falar o quanto amamos os dois igualmente e que o irmão tb o ama demais. Deixei ele ajudar-me com o bebê, na troca de fraldas e tudo, ele se sente muito responsável pelo irmão e cuida muito. Creio que um irmão é sim um presente enorme, o meu é o meu maior presente, mas filho unico não é melhor nem pior, é diferente. Seu filho vai entender e vai amar o irmão, é preciso apenas muuuita conversa, sempre lembrando o quanto é bom ter irmão.
    Beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  6. Vera, espero q logo logo vc consiga ter seu novo baby. Antes de ser mae, eu pensava q teria um filho logo dpeois do outro. Meu filho tem 14 meses e espero ter um proximo mais adiante, quem sabe engravidar fim do proximo ano. Gostaria q eles crescessem juntos, mas sempre q lembro q uma gestaçao é privada de tantas coisas e o pos parto tao restrito, adio o momento. Acho q é uma série de eventos q nos fazem adiar ou antecipar, depende de cada familia. Mas nunca tinha pensado no ambito de ser bom/ruim p meu filho ter um irmao agora ou depois..

    ResponderExcluir

Adoro ver vocês aqui:

SOPHIA ALICE

E-familynet.com Ticker

Seguir por e-mail